Homefront

Transient

Este é um filme típico de um actor que gosto muito,  Jason Statham. No entanto é menos cómico que o Transporter ou o Crank. É um filme mais sério e que apela ao sentimento.

O argumento é o maior cliché do cinema. Um polícia que trabalha à paisana é descoberto. Para fugir às confusões e preservar a segurança da filha, vai morar com ela para uma pequena aldeia. Mas tudo se complica e acaba por andar à pancada para salvar a filha dos maus. Não é o maior cliché do cinema??? Curiosamente este argumento foi escrito por Sylvester Stallone .

A fotografia do filme é boa pois mostra paisagens muito bonitas do interior dos EUA. Sempre que via estas paisagens ficava cheio de vontade de as ir conhecer e passear pelo meio delas.

O  Jason Statham está perfeito para o papel que desempenha. Alias ele é a pessoa indicada para este tipo de papel. Fiquei muito surpreendido com o desempenho do James Franco, ele tem muito jeito para fazer de mau da fita. Neste filme ele tem um ar muito sinistro, calculista e um pouco de psicopata.

O filme é mediano e não traz nada de novo. É um filme bom para ver à noite ou à tarde se não houver mais nada de interessante opara fazer.

In