Hugo

Os útlimos filmes que vi do realizador Martin Scorsese achei chatos, aborrecidos e muito longos... Fui com algum receio ver este filme, mas todos os meus amigos me diziam bem e resolvi arriscar.

Este filme filmado em 3D (não como os outros que são adaptados a 3D através de software), fala de um menino que vive numa estação de comboios na esperança de colocar um automato a funcionar que o pai lhe deixou antes de morrer. Pelo meio conhece uma menina e a história cresce...

Quano comecei a ver o filme, achei curioso perceber que existiam duas histórias em paralelo mas não consegui perceber logo como é que iam juntar-se. Neste aspecto o senhor Scorsese gere de uma forma brilhante todo o argumento. Acreditem... Até meio do filme, não estava a ver como é que filme ia terminar...

As imagens do filme são brutais e transportam-nos para aquela época, no entanto tem algumas falhas... Porque razão o garoto anda sempre de calções no Inverno a nevar?? Não tem calças?? Mas voltanto às imagens... As imagens do cimo da torre são muito bonitas.

A única coisa que me irritou no filme todo, foi o feitio do miudo. Só dá vontade de bater nele... É mesmo irritante. Os outros actores são muito bons e fazem papeis muito engraçados, em especial o actor Sacha Baron Cohen. O seu papel é de chorar a rir. Para além dele os actores, Ben Kingsley, Chloë Grace Moretz, Emily Mortimer, Christopher Lee, Jude Law e Helen McCrory.

É um filme muito bonito e com uma história muito engraçada... Recomendo a todos mas tem de ir ao cinema porque o 3D do filme é muito bom. De 0 a 10 dou um 7.

In