É Como Diz o Outro

Esta peça de Teatro com Bruno Nogueira e Miguel Guilherme é adaptada dos textos de Frederico Pombares e de Henrique Dias, os dois intervenientes na rubrica do programa "5 para a Meia Noite".

A peça mostra o dia de trabalho de duas pessoas, que estão sentadas frente a frente numa secretária. Durante o dia eles trabalham muito pouco e falam sobre banalidadas, da vida pessoal, de sexo, lições de vida, hipnotismo, piercing e revistas gays. As duas personagens são diferentes pois um é mais velho, tímido e arrumado e o outro é mais alto, desleixado e fanfarrão. No entanto tem uma coisa em comum, ambas querem mostram ao outro que são mais espertos.

Eu gostei muito de peça e fartei-me de rir... O texto relativo ao hipnotismo está muito bom e é um dos melhores. Para quebrar a história e mudar de assunto,  eles usam perguntas parvas completamente diferentes da conversa, e que surgem de nada... Eu gostei muito deste detalhe, porque sou um bocado assim e gosto de fazer estas perguntas. Outro momento alto da peça é ver o Bruno Nogueira a falar inglês... É hilariantes e de chorar a rir.

Eu vou ser um um pouco injusto em falar de alguns momentos porque todos foram muito bons, mas adorei a conversa sobre o Livro que estavam a escrever, a conversa da pose para a revista Gay e a pergunta sobre o fim do mundo... Estes foram os momentos que mais me marcaram.

O cenário da peça é simples, mas tem muita tecnologia e projecções que simulam a vida exterior ao escritório. Uma ideia ganha e muito bem sucedida.

Os dois actores não precisam de comentário, pois estão no grupo dos nossos melhores comediantes... Eles têm uma química muito boa e muito forte, o que torna as situações ainda mais cómicas.

A peça está no auditório dos Oceanos no Casino de Lisboa e recomendo! Vão estar 1 hora e meia a rir...