O Final do Magalhães...

Numa altura em que se fala do buraco de 5 mil milhões de euros na ilha da Madeira, ouvi uma notícia sobre a fundação que gere a entrega dos computadores Magalhães que me deixou chocado...

O governo decidiu encerrar a distribuição do computador Magalhães pelos alunos da primária (não vou discutir aqui se é bom ou mau). Quando foram analisar as contas verificaram que esta fundação devia muito dinheiro às 3 operadoras de telemóvais e ao estado. Esta situação é muito habitual nas empresas e fundações geridas pelo estado, no entanto, fiquei chocado quando ouvi que esta dívida podia ser maior porque esta empresa/fundação não apresenta contas desde 2009.

Todos falam das facturas escondidas do presidente da Madeira, Alberto João Jardim, mas começam a surgir casos parecidos nas empresas públicas do estado do continente...

Está situação é preocupante porque aumenta o buraco do estado e não sabemos em quanto. É uma incógnita!

Em vez de aumentar os impostos e apertar com as empresas que movem a nossa economia, o governo devia verificar estas empresas/fundações para acabar com estas situações vergonhosas.