Assim é o amor!

Uma comédia romântica muito inteligente e com actores fabuloso, como por exemplo Ewan McGregorChristopher Plummer e Mélanie Laurent.

Escrito e realizado por Mike Mills, um senhor com um curriculum pequeno, mas que me convenceu com este filme. O argumento fala das relações entre pai e filho, entre namorados e entre amigos, mas consegue faze-lo de uma maneira muito simples, mas inteligente. Para isso, Mike Mills recorre a situações caricatas e curiosas, como o facto de o pai com 75 anos confessar ao filho que é homosexual, do filho ter de andar sempre com o cão dos pais morrem, pois ele não consegue ficar sozinho.

A história é contada de uma maneira muito interessante, pois anda sempre para a frente e para trás. Ao longo de todo o filme vamos acompanhado a vida de Oliver (Ewan McGregor) quando ele acompanha o pai (Christopher Plummer) a ultrapassar um cancro e acompanhamos a relação entre Oliver e Anna (Mélanie Laurent). Esta última relação acontece depois de o pai de Oliver morrer. O recurso a esta técnica permite perceber muito bem as mudanças de atitude de Oliver em relação a Anna.

Achei muito bom, o detalhe de ele usar várias imagens para mostrar as diferenças que existiam de um ano para o outro... O nome do presidente, as peças da moda na altura, as paisagens, etc...

O filme não é de chorar a rir... É um filme bonito, cómico e que deixa alguns pensamentos que nós acompanham depois do filme terminar. Eu gostei... De 0 a 10 dou um 7.

In