Taking Woodstock

É um filme de Ang Lee, realizador de filmes muito bons - Tigre e o Dragão e Hulk,  e fala sobre a cidade que acolheu o festival Woodstock e toda a história antes do festival...

Todo o argumento e desenvolvimento do filme centra-se em Elliot, um rapaz que faz tudo o que pode para ver o Motel dos pais a crescer e a ter o fluxo de clientes que tinha antigamente. Pelo meio ele descobre que a cidade que ia albergar o Woodstock desiste de receber o festival e ele disse trazer o festival até à sua cidade, Catskills.

O filme é muito simples, mas é muito e muito engraçado pois permite ver como era a geração dos anos 60, a geração do "Paz, Amor e Rock and Roll", permite ver o trabalho que foi feito para montar um festival gigante e que marcou a história da música e ao mesmo tempo mostra os laços familiares de uma família um pouco estranha...

As personagens do filme estão muito interessantes e são muito características da época... No filme conseguimos ver todo o tipo de gente, desde as pessoas que são a favor do festival, às pessoas contra, aos hippies que reinavam na altura, etc... Como é óbvio, também mostra o mundo da droga e das alucinações.

Mas o melhor do filme é imaginar todo aquele cenário e toda aquela gente a rumar para uma pequena cidade, para ouvir música e festejas a paz... As imagens que eles tem das multidões são fantásticas e deixaram a pensar no que terá sido o Woodstock de 1969.

De 0a 10, dou um 7.

In