Exit Through The Gift Shop

Este filme realizado pelo próprio Bansky retrata o mundo da arte urbana, Graffiti, Stencil, etc...

Este domcunetário mostra o início da arte urbana, o seu desenvolvimento e os responsáveis pelo movimento. Retrata os momentos em que este tipo de intervenação era marginalazida, até ao tempo em que começaram a pagar milhões por ela.

Quando comecei a ver o documentário gostei muito das imagens que davam dos artistas a vaguear pelos ruas à procura das melhores paredes para representarem as suas ideias. A ideia de os ver a trepar por todo o lado à procura de uma parede gigante para colocar uma imagem deles ainda maior, deixa-me muito entusiasmado.

Toda a história é muito bem contada e os depoimentos do própiro Bansky são muito giros. Adorei ver o estúdio dele e as imagens dele a preparar as suas exposições. Agora que penso nisso, fico com a ideia que ele anda sempre de carapuço e bonés.

No entanto este filme tem um pequeno defeito... No início o Bansky fala que o filme não é sobre ele, mas sim sobre Thierry Guetta. Quando o ouvi no início não liguei muito, mas no final do deste fiquei muito triste porque esperava que o filme focasse mais o trabalho do Bansky e isso não acontece.

Fora esse pequeno detalhe o filme é muito bom e dá vontade de ir vaguear pelas ruas e deixar a nossa marca pessoal. De 0 a 10 dou um 8.

In