Cut Copy - Zonoscope

O novo álbum dos Cut Copy é muito interessante e curioso porque aborda muitas sonoridade diferentes, mistura-as e dá-lhes um toque de electrónica.

Ao ouvir o álbum pela primeira vez senti que eles quiseram abordar uma onda de britpop e shoegazzing, mas com um toque de modernidade e electrónica, ou seja, trocaram as guitarras e os pedais por sintetizadores e computadores. Uma música que ilustra o que estou a dizer é "Where I´m Going". Nesta música a voz e a sonoridade soa a músicas de Ride, The Verve e um pouco de Blur menos comercial.

Quando ouvi o álbum pela segunda vez fiquei um pouco triste porque eles abandoram a onda dançavel que tinham, e entraram numa onda mais íntima e mais experimental. Não fiquei desiludido com esta mudança, mas apenas um pouco surpreso. Músicas como "Hanging Onto Every Heartbeat", "This is All We´ve Got" e " Strange Nostalgia for The Future" são bons exemplos do que falei. A música "Pharaohs & Pyramids" lembra um pouco a sonoridade mais antiga deste grupo.

No global é um álbum que se ouve muito bem e deixa as pessoas com um sorriso no lábios. Ao mesmo tempo obriga a pessoa a esquecer o que está a fazer e a concentrar-se no que está a ouvir, para reparar em todos os detalhes.

Oiçam e julguem! (download)

In