Pequenos Poderes!

Na revista "Única" do Expresso de 24 de Abril de 2010, o escritor/cronista/jornalista Miguel Esteves Cardoso escreveu um pequeno artigo com o título: "Os potentinhos Portugueses". Neste pequeno artigo, ele fala da mania que os Portugueses tem de mostrar que tem "Poder" e que são importantes, dando destaque aos funcionários públicos.

Eu concordo em pleno com o que foi escrito, principalmente quando estamos a falar de funcionários públicos. (atenção, como em todo lado, existem bons e maus funcionários públicos, e isto não se aplica a todos).

Sempre que necessito de alguma coisa que seja tratado por um funcionário público, sinto que ele tem de mostrar, que ele é que manda naquele pequeno trabalho, que ele é o rei do seu pequeno reino, que ele me vai tratar bem se eu o "venerar" ou se eu o tratar bem. No entanto, esta situação está errada...

É certo que devemos tratar as pessoas com respeito... Mas os outros, não precisam de se tentar ser superiores e dificultar a vida às pessoas. Eles estão ali, para servir e não para serem reis e senhores do seu "pequeno quintal".

Infelizmente, muitas vezes, temos de prestar vassalagem a estes pequenos "Reis", para eles não nos dificultarem a vida e porque precisamos das situações resolvidas... É um triste verdade, mas é o que acontece no nosso pais! Temos de acabar com estes pseudo-Reis, e mostrar, que acima de tudo é preciso respeito entre as duas partes.

PS: mais uma vez digo, isto não se aplica a todos. Como em todo lado, existem pessoas competentes e incompetentes.