DJ Ride @ CCC Caldas da Rainha


Tal como já estava à espera, foi um grande concerto... A minha única questão, era como seria o concerto, ou seja, como é que ele ia recriar todos os sons do álbum. Mal entrei no local do concerto (que por sinal é fantástico), reparei em duas mesas. Uma cheia de fios e máquinas (como está na foto de fundo), e na outra um sistema para o VJ.

Ele fez uma mistura das várias músicas deles dos vários álbuns, "Turntable Food", "Beat Journey" e o último, "Psychedelic Sound Waves". Tal como nos concertos de música feita por computadores (como por exemplo: Chemical Brothers e Daft Punk) ele preocupou-se em misturar as músicas em directo e acrescenter pequenos detalhes que não existem nas músicas gravadas.

Assim que ele começou a debitar as primeiras batidas, e os primeiros sons dos sintetizadores o meu corpo começou logo a mexer e a querer dançar. É impressionante, como ele consegue fazer ritmos e sons muito diferentes do normal, mas que ao mesmo tempo, parecem familiares aos nossos ouvidos. Eu fiquei deslumbrado com todas as músicas.

Para o ajudar a controlar todas máquinas ele contou com a presença de Stereossauro. Como surpresa ele levou o MC Sagas (presente no primeiro CD - Seguindo do Caminho), para improvisar umas rimas sobre os ritmos dele. Para além disso, o VJ Headitor fez um trabalho fantástico e misturou uns vídeos muito interessantes.

Foi um concerto fantástico, e o DJ Ride está de parabéns pela sua carreira!

In