Janelle Monae @ Super Bock em Stock

Definitivamente o nome cabeça de cartaz do Super Bock em Stock e um dos concertos mais esperados.

Antes de entrar em palco, esta senhora já tinha conquistado o público. Quando entra um senhor vestido de fraque e cartola e começa a conversar o público rendeu-se. Ele foi muito original no discurso que fez, e deixou toda a gente relaxado (todos aproveitamos para conhecer a pessoa que estava ao nosso lado) e ansioso por a ver e ouvir.

Janelle Monae é uma máquina em palco, cheia de energia, mas muito fria e sem sentimentos (pois não fala com o público). Ele parece uma autêntica máquina de entretenimento e com os músicos que a acompanham a espectáculo funciona na perfeição. Ela mostra na perfeição as razões que levaram o senhor P Diddy e o senhor André 3000 a apostarem nela.

Durante o concerto ela aborda temas do seu álbum e do seu EP de estreia. Todas as músicas são tocadas quase sem paragens entre elas, ou seja, o público não tem tempo para descansar. Os músicos que a acompanham tem a mesma energia que ela e estão sempre a puxar pelo público.

Uma coisa interessante é o facto de ela não falar com o público (como eu já referi anteriormente). Penso que isto acontece para ela mostrar o ar de android que há dentro dela... No entanto revela alguma distância com o público.

Em resumo foi um grande concerto, como podem ver no vídeo seguinte, com ritmos frenéticos, muita dança, uma grande voz e muita energia.

In