Saia Curta e Consequências

Esta peça de teatro é uma espécie de comédia romântica do cinema, mas em forma de teatro.

A peça tem dois personagens principais e um figurante. Estamos a falar de Claudia Vieira e Luís Gaspar, sendo o figurante, Paulo Matos.

Escusado será dizer que a Claudia Vieira é muito gira (todos já viram a publicidade da Triunfo), no entanto, é uma boa actriz, mas que precisas de mais horas de palco no teatro para se tornar mais natural. Ela representa bem, e gostei da interpretação dela, mas penso que pode fazer melhor, se continuar a fazer peças de teatro. Ao contrário, Luís Gaspar faz uma grande interpretação em toda a peça.

Apesar de ser uma “comédia romântica”, o final é imprevisível, ou seja, estamos todos à espera de um final. No entanto, com decorrer da peça, são sugeridos na nossa cabeça, outros possíveis finais. Ficamos até ao final sem saber como acaba. Para além disso, o rumo da história é bom e muito curioso.

O cenário da peça é muito engraçado, e o guarda-roupa também. O vestido da Claudia Vieira fica-lhe muito bem!

Uma peça que gostei e achei muito engraçada!

Ficha Técnica:
Texto Hervé Devolder
Versão portuguesa Hirondina Cavaco e Paulo Matos
Encenação | Versão Cénica Paulo Matos
Cenografia Bruno Guerra
Figurinos José António Tenente
Desenho de Luz e Som Paulo Santos
Intérpretação Claudia Vieira, Luís Gaspar, Paulo Matos
Produção Décima Colina, Lda