Preservativo com os dias contados!

Hoje ouvi na rádio, que se desenvolveu um novo contraceptivo para o homem.

Este contraceptivo consiste na injecção de um composto hormonal, que para a produção de espermatozóides durante um tempo. Ou seja, o homem injecta a solução, e durante uns meses não produz espermatozóides... e tem ejaculação na mesma? (solicita-se informações a pessoas entendidas no assunto)

Segundo ouvi, se parar com as injecções, passados 6 meses, o homem começa a produzir espermatozóides e pode ter filhos.

Parece-me um contraceptivo bom e interessante para se usar, no entanto, tenho um pequeno problema. Quem é que dá a injecção? Temos de ir ao Centro de Saíde, ou fazemos em casa, tipo drogado?

Se for para injectar em casa, não contem comigo... Eu detesto agulhas, como é que me vou injectar? Será que não conseguem fazer um comprimido que faça o mesmo? Isso sim, era de valor...

Se este contraceptivo começar a ser comercializado cá, quem vai beneficiar com esta história toda, são as mulheres do ramo médico e com habilidade para dar injecções... Acabam de ganhar uma mais valia em relação às outras!