The International


Este filme traz outra vez o Clive Owen aos filmes de intrigas. Depois de ter sido um espião na industria farmacêutica – Dupla Sedução, ele volta como investigador que tenta desmascarar um banco que financia guerrilhas.

Estava à espera de bem melhor... Pelo que tinha visto na apresentação, atendendo ao actor que era e à história do filme, estava à espera de melhor. O desenrolar da história é muito fraco e triste, não transmitindo emoção ao filme. O papel do Clive Owen também não é de bradar aos céus, pois a personagem que ele faz não tem carisma, ao contrário de outros bons papeis que já representou, como em Children of Men e Shoot´em Up.

No entanto, o filme tem coisas boas... Uma cena de acção fantástica dentro do Guggenheim de NY e imagens fantásticas de edifícios em locais inacreditáveis. Outra coisa muito curiosa, é o facto de não existir nenhuma relação amorosa entre os actores principais.

Não é um filme péssimo, mas não é nada de especial...

De 0 a 10 dou um 6.


In