O Jogo do Anjo

Tal como no primeiro livro que li deste escritor, voltei a ficar "agarrado" do início ao fim do livro.

A história é muito boa e original. Segue a linha do primeiro livro, ou seja, fala de livros, escritores e amores impossíveis, com um pequeno detalhe que achei maravilhoso. Nesta história, algumas personagens e locais são as mesmas do livro anterior, ou seja, os dois livros seguem histórias separadas, mas que se tocam, através de algumas personagens e de locais comuns. Este pequeno detalhe, dá origem a um sentimento de familiaridade de todo aquele ambiente de Barcelona, à medida que se vai lendo o livro.

É um livro absolutamente fantástico!

In