Tempo


Cada dia tem 24 horas, das quais passamos cerca de 7 (uns mais outros menos) a dormir. Resta-nos 17 horas para fazermos o que quisermos, incluído diversão, comer, trabalhar, dormir mais, correr, andar de bicicleta, ir ao cinema, ir às compras, estar com a família e amigos, etc…

Desde pequeno que sinto que com o passar dos anos, tenho menos tempo para fazer as coisas que quero. Como os dias não encolheram com o tempo, penso que cada vez aparece mais coisas que gostava de fazer, experimentar, criar, pequenos projectos pessoais a desenvolver, etc… No entanto, o tempo não estica e cada vez mais sinto que não consigo dar seguimento a tudo, o que para mim é uma coisa terrível e faz com que me sinta triste e frustrado. É uma situação que me obriga a reflectir sobre as minhas prioridades e a reformular várias vezes o meu dia-a-dia.

À medida que fui crescendo, e atendendo a tudo o que queria fazer, tornei-me uma pessoa relativamente organizada. Não quer dizer que seja o extremo da pontualidade, mas sempre procurei ter as coisas mais ou menos programadas, para conseguir fazer tudo. Isto tudo deve-se a uma pequena característica da minha personalidade. Eu tenho a “mania” que consigo fazer tudo e que tenho tempo para tudo. O que por vezes é uma qualidade, e por outras vezes é um defeito.

Esta conversa resume-se a uma coisa simples, preciso de dias com mais horas. Como isto é impossível, preciso de dormir menos… Mas quero acordar como se tivesse dormido muito… Será que estou a pedir de mais?! O Marcelo Rebelo de Sousa dorme 4 horas por dia e está sempre com boa cara, porque não sou assim também? Alguma sabe uma solução para dormir menos?