The Album Leaf (autoria de Ritinha*)


The Album Leaf é bom! Ou deverei dizer, ele é bom... naquilo que faz! E até já passaram pela tuga em 2003 a fazer a primeira parte dos Sigur Ros.
Jimmy LaValle que é também guitarrista dos Tristeza, usa aqui sonoridades melodicas mais proprias dos ambientes electrónicos (à lá The Worm is Green) e dream sounds (Sigur Rós e tal), não deixando de ter por vezes também excessos de loucura que nos levam a trazer à memoria os GYBE ou os Mogwai. Gravações de emissões de rádio, sons do dia-a-dia, como por exemplo o barulho das crianças num recreio, o barulho de um sossegado jardim, conversas entre amigos, até... nada! "Nada" aqui enquandra-se como "o-que-se-ouve-quando-não-se-está-a-ouvir-nada". Por outras palavras The Album Leaf poderia muito bem ser a banda sonora da vida! E de uma vida muito boa!

Se The Album Leaf fosse um vinho, era muito mais facil descrever! ...seria qualquer coisa tipo: Um suave aroma a electronica dos paises nórdicos, por vezes com perfumadas e aveludadas vozes de fundo. Optimo para servir em noites frias de inverno, no aconchego do lar com a temperatura ambiente a rondar 22º, para ser ouvido nunca muito acima dos 40dB e se possivel em muito boa companhia.

The Album Leaf é bom, muito bom mesmo...

*relax*

Para quem gosta de: The Worm is Green, Sigur Ros, Godspeed You Black Emperor, Mogwai, Tortoise.

In